Treza@blogs.ao @ 17:46

Sab, 03/10/09

Quero ir (quero ir) o mais longe que puder

Quero ser (quero ser) tudo aquilo que eu quiser

É que é já a seguir, eu acredito quando digo

Porque sei que trago uma grande força comigo

Quero estar (quero estar) no local certo a hora certa

Todos os dias aprendi, faço disso uma meta

Sem reserva, dou sem esperar receber

Recebo de quem me ama, transformo em saber

Quero ter só alguma perseverança

Para não agir sempre movido pela ânsia

Observo a distancia que me falta percorrer

Derrubo obstáculos procurando prazer

Quero sentir o vento nas minhas costas

Sem ter que entrar sempre em altas apostas

Propostas por todos os que querem impedir

De sentir, mas eu faço por resistir

Quero sentir o calor da vossa companhia

Abrir os olhos, despertar sorridente p'ra mais um dia

Com alegria, enfrentar a triste rotina

Movido pelo que a vossa presença me inspira

Quero calcar confiante a estrada da vida

Trepar mais alta montanha, sentar-me lá em cima

Derrubar barreiras, atravessar fronteiras

Quero ver este movimento engrossar as fileiras!


 


Refrão:


Quero que tenhas aquilo que nunca tive

Peço pouco para me sentir livre

Peço força, peço paz

Peço tudo aquilo que o Hip Hop traz

(2x)


 


Transporto no meu espírito um grito lírico

Um mar de sentimentos em estado líquido

Quando o suor te cai no papel

É sinal que sentes na pele (sentes na pele)

Tentas dar o teu melhor, barram-te o caminho

No meio da multidão parece que estás sozinho

Palmadas nas costas fazem de ti apostas

Dás o dedo, vai o braço, cortam-te as postas

Sem te conhecer julgam-te e passam a certeza

Condenam-te, aproveitam sem direito a licença

Pensa no peso a suportar

Antes magro que obeso, antes rio do que mar

Pelo menos quando a nascente a avó

Já dizia ao meu avô: ‘Cegos, só somos nós’

Chama-me Alice do País das Maravilhas

Chama-me antes (..?..) atracado na tua ira

Numa pilha de versos eu estou perdido

Dou corda à sapatilha p’ra chegar ao vosso ouvido

Que direi a partida? Que disse à chegada?

Dou graças por assistir a mais uma alvorada

Tudo ou nada não é bem o meu desejo

Passo a passo eu vos dou, nota a nota o meu arejo

Procuro a minha energia num abraço puro

Quem diria que este dia seria para mim (?)


 


Refrão:


Quero que tenhas aquilo que nunca tive

Peço pouco para me sentir livre

Peço força, peço paz

Peço tudo aquilo que o Hip Hop traz

(2x)


 


 


Autor: Barrako 27

Título: Tudo o Que o Hip Hop Traz


Fonte: Fr33world


 



Tudo começou no dia em que ouvi pela primeira vez a palavra Mwangolé. Desde então tenho descoberto coisas surpreendentes que partilho aqui. (Imagem do cabeçalho: Alberto Afonso)
posts recentes

Tudo o Que o Hip Hop Traz

subscrever feeds
comentários recentes
O "documento" em falta:Declaração Universal dos Di...
Oppositorium . Não sei o que é. Não fui pesquisar ...
Vim aqui parar sem saber bem como... mas parece-me...
blogs SAPO